Ar-condicionado: instalação profissional evita dor de cabeça

Ar-condicionado: instalação profissional evita dor de cabeça

Nas grandes cidades do país o ar condicionado é essencial para muita gente, seja em casa ou no trabalho. As vantagens de um ambiente climatizado e agradável todos sabem bem, mas o que a maioria da população ignora é que instalação incorreta desses aparelhos pode ocasionar uma série de problemas, que vão de mau funcionamento do equipamento até sobrecarga da rede elétrica.

Mais acessível de uns anos para cá, a procura pela refrigeração de ambientes tem crescido exponencialmente. A alta demanda, por outro lado, fez crescer também o número de instalações feitas por gente despreparada. “O que a princípio parece economia logo pode se tornar um grande problema, já que a instalação incorreta de um ar-condicionado pode trazer muitas complicações”, alerta a empresária Sula Pizzuto, da SRR Clima, empresa de São Caetano com mais de 10 anos de atuação no mercado, associada ao Club&Casa Design.

Ineficiência na refrigeração, perda de garantia e redução da vida útil do aparelho são apenas algumas das dores de cabeça que o comprador desavisado pode ter ao instalar um ar-condicionado sem mão-de-obra especializada. Os problemas, no entanto, podem ir além, com danos à estrutura do imóvel, curtos-circuitos e até mesmo incêndios. “As vantagens valem o investimento”, ressalta Sula. “Você tem o funcionamento correto e adequado do equipamento, garantia e a certeza de que ele não colocará sua família em risco”, conclui.

A refrigeração eficaz de ambientes é sempre uma preocupação dos arquitetos em suas obras. O escritório 2You – Arquitetura & Design, de Santo André, na Grande São Paulo, trabalha atualmente em um projeto de espaço corporativo com 550m2 que precisou ter sua infraestrutura modificada para comportar um sistema de ar condicionado conforme as necessidades de cada espaço. “Nos ambientes mais amplos, que necessitam de uma maior refrigeração, usamos o modelo split cassete. Em salas de reunião e espaços menores foram instalados splits de parede”, explicam as arquitetas e sócias Érica Munin e Ana Paula Catto, que contrataram os serviços da SSR Clima para avaliar as aplicações do tipo e potência dos aparelhos de acordo com exigência de cada setor da empresa.